tetris

Tetris e o poder das decisões

Você já jogou Tetris? Tetris é um jogo criado em 1984 pelo Russo Alexey Pajitnov e tornou-se um sucesso mundial ao ser lançado para o Nintendo Game Boy em 1989. Sucesso arrebatador no século passado, o jogo segue vivo até os dias atuais.

O game Tetris consiste em empilhar diversas peças (de formatos e cores diferentes) que descem do topo da tela de forma que completem linhas horizontais. Quando uma linha se forma, ela desaparece e as camadas superiores ocupam a linha que sumiu, o que faz jogador ganhar pontos. Quando a pilha de peças chega ao topo da tela, a partida se encerra… e tudo isso acontece em poucos minutos (ou até segundos)! A além de racionar rápido, você precisa o tempo todo tomar as decisões em que ponto e onde encaixar as peças.

Já parou para pensar que em nossa vida somos sempre obrigados a tomar uma série de decisões, todos os dias e em diversos momentos de um mesmo dia?

Segundo a Wikipédia (que todos nós amamos, certo?) a tomada de decisão é um processo cognitivo que resulta na seleção de uma opção entre várias alternativas. É amplamente utilizada para incluir preferência, inferência, classificação e julgamento, quer consciente ou inconsciente.

Em nosso dia a dia, muitas vezes somos obrigados a tomar decisões rápidas, sem muito tempo para refletir sobre os resultados e suas consequências. Contudo, em outras ocasiões, temos a oportunidade de tomar decisões com mais tempo para refletir, optando por caminho um caminho diferente.

De uma forma ou de outra, as decisões que tomamos sempre impactam nossas vidas. É como no jogo Tetris, onde a todo momento você é obrigado a tomar uma decisão para seguir em frente.

As decisões tomadas no decorrer de uma partida de Tetris se baseiam em rápido raciocínio para encaixar as peças, formar uma linha e assim evitar que o jogo seja ganho pela máquina. Afinal, seu objetivo é vencer o computador (uma máquina de calcular), seja ele portátil, daqueles que você carrega no bolso e ainda faz ligações telefônicas ou esteja parado em sua mesa de trabalho.

“O futuro é construído pelas nossas decisões diárias, inconstantes e mutáveis, e cada evento influencia todos os outros” Alvin Tofller .

Assim como em nossa vida cotidiana, o nosso objetivo também não é vencer a máquina? Seja esta máquina o sistema de trabalho, o sistema escolar, o sistema financeiro, a máquina do tempo, das horas, dos projetos, das lista de tarefas infindáveis, das metas a serem batidas…

Com Tetris aprendemos que temos que raciocinar rapidamente para a tomada de decisão, e isso pode nos ajudar a tomar decisões em nosso dia a dia. Pois você já pensou se, em sua rotina diária, você não fosse obrigado a tomar nenhum tipo de decisão, por mais simples que seja? Como seria?

Estamos o tempo todo encaixando peças, como no Tetris, seja buscando algum horário em nossas agendas sempre cheias de compromissos, seja respondendo pelos menos 35 e-mails por dia ou marcando reuniões… é um verdadeiro Tetris diário, real e presente em nosso cotidiano.

Ao não tomar decisões, você se torna um procrastinador. E procrastinar, qualquer que sejam as decisões ou tarefas, te leva ao topo da tela do Tetris… e a máquina irá te vencer, sempre!

Publicado também no LinkedIn.

0 comments on “Tetris e o poder das decisõesAdd yours →

Deixe seu comentário